Geração distribuída atinge 1 gigawatt no País com 99% das instalações a partir da fonte solar

Geração distribuída atinge 1 gigawatt no País com 99% das instalações a partir da fonte solar

Segundo mapeamento oficial, há atualmente 82.730 sistemas fotovoltaicos conectados à rede no Brasil

Os sistemas de geração distribuída no País acabaram de atingir a marca de 1 gigawatt de potência instalada em residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos, de acordo com dados divulgados esta semana pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Do total de conexões no País, os sistemas fotovoltaicos são responsáveis por 82.730 ligações na rede elétrica no Brasil, um montante que representa 99% de todo o acervo nacional e 870 megawatts de potência instalada.

No comunicado oficial da Aneel, o diretor-geral da entidade, André Pepitone, destacou que a marca de 1 GW de geração distribuída é histórica no País e reflete o intenso trabalho da agência reguladora no sentido de viabilizar o empoderamento do consumidor de energia elétrica. “A geração distribuída equivale no setor elétrico à revolução do smartphone nas telecomunicações”, disse Pepitone.

Já Rodrigo Limp, diretor da Aneel, ressaltou o grande potencial brasileiro para exploração de fontes renováveis e a confiança do mercado no marco regulatório existente no País. “Temos a convicção que o crescimento será ainda mais robusto nos próximos anos, o que torna ainda mais importante o debate de revisão da Resolução nº 482, para que esse crescimento ocorra de forma sustentável, com equilíbrio entre os consumidores”, comentou Limp, relator da revisão da norma.

Os estados que mais aderiram à micro e à minigeração, superando 10 mil unidades consumidoras, foram Minas Gerais (16,7 mil unidades de geração e 212,3 MW de potência instalada), Rio Grande do Sul (12,2 mil unidades, 144,4 MW) e São Paulo (14,5 mil unidades, 117,4 MW). Ao todo, existem 83,7 mil usinas geradoras no país, com 114,3 mil unidades consumidoras que recebem os créditos pela energia gerada.