Desde 2013, a GD (geração distribuída) fotovoltaica cresceu a uma taxa média de 230% ao ano no Brasil, segundo dados divulgados pela ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

O estudo apontou que em 2019, por exemplo, o país possuía 1 GW de potência instalada de GD. Já em janeiro de 2020, dobrou para 2 GW, e em junho deste ano, alcançou 3 GW.

Uma pesquisa realizada pelo Canal Solar, com base nos dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), mostrou que a GD no Brasil teve uma alta de 77,83% no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Ainda segundo o levantamento do Canal Solar, de janeiro a junho de 2019 foram registrados 544.193 kW em potência instalada no país. Já no primeiro semestre deste ano, este número foi de 956.807 kW, uma diferença de 412.614 kW.

Energia fotovoltaica cresce 150% ao ano
Outro dado apontado pela ABSOLAR mostrou que nos últimos sete anos a energia fotovoltaica, tanto em geração centralizada quanto em geração distribuída, cresceu no total uma taxa média de 150% ao ano. Desde 2017, a solar vem dobrando a sua capacidade instalada no país. Passou de 1 GW em 2017 para 2 GW em 2018, 4 GW em 2019 e 6 GW em 2020.

“A energia solar cresce aceleradamente no Brasil porque alivia o orçamento das famílias e empresas ao reduzir a conta de energia em mais de 90%. Sabemos pelo Sebrae que a conta de luz é o segundo maior peso nas despesas das micro e pequenas empresas, ficando atrás apenas da folha salarial. Isso tudo além de contribuir muito ao meio ambiente”, explicou Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho da ABSOLAR.

De acordo com a associação, o Brasil assumiu a 16ª posição no ranking mundial da fonte solar fotovoltaica em 2019, integrando a lista dos 20 países com mais capacidade instalada da fonte em operação – somando geração centralizada e distribuída.

Energia solar em propriedades rurais cresce 120%
A potência instalada de energia solar no meio rural brasileiro mais que dobrou no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período em 2019. É o que apontou um levantamento exclusivo realizado pelo Canal Solar.

Nos primeiros seis meses deste ano, a energia fotovoltaica em propriedades rurais atingiu 142 MW de potência, uma alta de 120% frente aos 63 MW de janeiro a junho do ano passado.

Fonte:https://canalsolar.com.br/noticias/item/755-geracao-distribuida-fotovoltaica-cresce-230-ao-ano-no-brasil